Nota de Esclarecimento da CEASA/CE sobre as manifestações em Tiangua.

0
25

Sobre as manifestações ocorridas no dia 21 de maio e na manhã desta sexta-feira, 24 de maio, no entreposto da Ceasa em Tianguá

A Diretoria da Ceasa-CE vem a público esclarecer que o movimento está sendo realizado por um grupo de comerciantes que se dizem insatisfeitos com as condições estruturais e com os valores cobrados pela CEASA.

Sobre o assunto, a Diretoria da Ceasa-CE tem a esclarecer que:

1) A Diretoria da Ceasa-CE está acompanhando de perto tudo o que está acontecendo na Ceasa em Tianguá.  Uma equipe foi encaminhada pelo Presidente da Ceasa- CE à Tianguá ontem (23/05) para conversar com os representantes dos manifestantes e saber quais as principais reivindicações e trazer para serem discutidas com a diretoria da Ceasa-CE.

2)   Em nenhum momento, a Diretoria da Ceasa-CE se recusou a ouvir os representantes dos manifestantes e está aberta para conversar com eles sobre suas reinvindicações e atender as que forem possíveis, visando o bem estar dos permissionários, produtores, compradores e toda a população que é atendida pelos produtos comercializados pela Ceasa em Tianguá.

3) Este ano não houve nenhum reajuste nos preços praticados na tabela de cobrança da Ceasa-CE. O último reajuste ocorreu em julho de 2018 e o formato de cobrança é o mesmo há vários anos.

4) Os encaminhamentos para a realização de reforma da Ceasa Tianguá estão avançando, já tendo, inclusive, um contrato assinado com a empresa que realizará as intervenções, restando a emissão da Ordem de Serviço. Porém, como o terreno que abriga a central de abastecimento foi cedido pela CONAB, alguns procedimentos legais ainda precisam ser solucionados para que sejam iniciadas as obras. Para isso, a Diretoria da Ceasa-CE vem tratando constantemente com a diretoria da CONAB em Fortaleza e em Brasília, com o objetivo de dar maior celeridade ao processo.

Fortaleza, 24 de maio de 2019 – Diretoria da Ceasa-CE

Entenda o caso

Agricultores e produtores da região da Ibiapaba, insatisfeitos com as altas taxas cobras pela administração da Ceasa de Tianguá, encontram-se neste momento em manifestação contra a Central de Abastecimento.

Os comerciantes estiveram em reunião com os representantes estaduais da Ceasa ontem (23), mas o encontro não foi produtivo, tampouco solucionador, levando os produtores a continuarem em greve, realizando a feira na BR-222, fora da Ceasa, congestionando o acesso pela rodovia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here