Moro lamenta ataque em escola e diz que ministério está à disposição

0
3

Ataque ocorreu na manhã desta quarta-feira (13), em Suzano

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O ministério da Justiça e Segurança Pública, comandado por Sergio Moro, lamentou em nota o atentado na escola estadual em Suzano onde ao menos oito pessoas foram mortas em um ataque a tiros.

“O ministério da Justiça e Segurança Pública lamenta o grave atentado à escola estadual professor Raul Brasil, em Suzano (SP), que provocou o trágico assassinato de crianças e funcionários e presta solidariedade aos familiares neste momento de dor e tristeza. Os fatos ainda estão sendo apurados pelas autoridades competentes e o ministério se coloca à disposição do governo do estado de São Paulo”, diz o comunicado da pasta.

Nesta quarta-feira (13), ao menos seis alunos e dois funcionários foram mortos em um ataque a tiros em uma escola estadual de Suzano, na região metropolitana de São Paulo. Cinco vítimas morreram na hora do ataque e outras duas após serem levadas ao hospital. Segundo informações da Polícia Militar, dois homens encapuzados, que aparentam ser adolescentes, atiraram contra os alunos e, em seguida, se mataram na escola Professor Raul Brasil, próxima ao centro da cidade. Há ao menos outras nove pessoas feridas, duas em estado grave, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

A escola oferece ensino fundamental e médio e um centro de estudos de língua, para estudantes de 11 a 18 anos. Mas, no momento dos disparos, havia apenas adolescentes do ensino médio e estudantes de línguas. Já houve no país ao menos outros sete casos similares ao de Suzano com atiradores (alunos ou não) dentro de escolas abrindo fogo contra estudantes e outras pessoas.

Com informações da Folhapress.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here