Analistas da Morgan Stanley advertem: Bitcoin pode não valer nada

0

O bitcoin não é como uma moeda, porque não há taxa de juros associada, escreveu o analista. Também não é ouro, pois não tem uso intrínseco como o ouro

O bitcoin pode valer literalmente nada, se a moeda virtual não for reconhecida como rival do dólar americano e outras moedas oficiais, disseram os analistas do gigante bancário Morgan Stanley.

“Se ninguém aceitar a tecnologia para o pagamento, então o valor seria 0”, escreveu o analista James Faucette e sua equipe em uma nota aos clientes.

Faucette está se referindo a uma lista de varejistas online que aceitam bitcoin. A tabela é intitulada “Praticamente nenhuma aceitação e encolhimento” e mostra os dados.

“O volume médio diário de negociação do bitcoin é de US$ 3 bilhões (últimos 30 dias) contra US$ 5,4 trilhões no mercado FX. Estimativa de US$ 300 milhões no volume de compras diárias versus US$ 17 bilhões para a Visa, o bitcoin é pequeno em comparação com os instrumentos financeiros tradicionais”, escreveu ele.

Os dados do Coinmarketcap dizem que os números de Faucette não estão corretos, já que o volume diário médio de bitcoin é de US$ 11,5 bilhões. O volume diário total do mercado da moeda virtual é de quase US$ 27 bilhões.

Um dos maiores defensores do bitcoin, John McAfee – criador do antivírus McAfee –, diz que não há motivo para o pânico apesar da correção no mercado de moeda virtual.

O bitcoin caiu mais de 25% em relação às suas últimas máximas históricas de US$ 20 mil, estimuladas por listas de futuros em grandes bolsas de derivativos.

Entusiasta do bitcoin, o bilionário Michael Novogratz – que também vem sendo muito otimista com moedas virtuais –, revisou sua previsão e disse que o bitcoin poderia cair para US$ 8.000 até o final do ano. Anteriormente, ele previu que o bitcoin valeria US$ 40.000 até 2019.

Informações: Sputnik

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here