Janeiro Branco: Maternidade Santa Terezinha realiza palestra sobre depressão pós-parto

0

A Unidade tem mais de 30 gestantes internadas e outras que aguardavam consultas de rotina, características da depressão pós-parto, relacionando com os sintomas de outras doenças

A Maternidade Santa Terezinha no distrito de Jurema, foi palco de uma palestra sobre depressão pós-parto, na manhã desta segunda-feira (20). A atividade faz parte de uma programação criada pela Coordenadoria de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Caucaia, focando o Janeiro Branco, mês de promoção e proteção da Saúde Mental.

“É importante para a população se conscientizar que existem problemas de saúde mental que, se acompanhados e tratados deste o início, não trazem malefícios ao indivíduo. Além de apresentarmos tudo o que temos disponível na rede pública de saúde de Caucaia para atendimento e tratamento gratuito”, disse Martha Farias, coordenadora de Saúde Mental de Caucaia, sobre a importância da programação do Janeiro Branco.

Na palestra, o psiquiatra Raphael Gadelha, apresentou para cerca de 30 gestantes internadas na Maternidade Santa Terezinha e outras que aguardavam consultas de rotina, as principais características da depressão pós-parto, relacionando com os sintomas de outras doenças.

“Os primeiros dias após o parto é comum episódios e tristeza, mas é menor a densidade desta tristeza do que uma depressão. Então apresentamos como perceber e diferenciar estes sintomas e claro, procurar ajuda médica”, disse.

Em Caucaia, o atendimento e tratamento em saúde mental são realizados pelos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) Geral, Álcool e Drogas (AD) e Infantil (AI). O atendimento também pode ser realizado em qualquer uma das 45 Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) de Caucaia. “Se o paciente precisar de atendimentos mais específicos, ele é encaminhado para algum dos CAPS”, finaliza Martha.

Janeiro Branco

O “Janeiro Branco” surgiu em 2014 por psicólogos de Uberlândia, Minas Gerais. Já em 2016, tomou maior proporção com a ajuda das redes sociais, chegando até Caucaia. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nos últimos anos as doenças mentais tiveram um aumento considerável, e esse resultado é motivo de grande preocupação entre os profissionais da saúde.

PMC/Assessoria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here