Banco de Alimentos de Caucaia comercializa 35 toneladas em um mês

0

Os alimentos são distribuídos a mais de 70 equipamentos públicos do município

Sendo abastecido, em sua totalidade, por agricultores do município, o Banco de Alimentos de Caucaia dá um sopro de estímulo a trabalhadores rurais. Somente entre 8 de agosto e 8 de setembro, os 167 agricultores cadastrados forneceram ao equipamento quase 35 mil quilos de alimentos.

Isso representa um total de R$ 198 mil comercializados no período. “A meta é continuar aumentando esse número e, no ano que vem, atingir os 200 agricultores cadastrados. Não havia antes uma destinação certa para todos os alimentos que eram produzidos no nosso município. Em alguns casos, acontecia até mesmo o desperdício de mantimentos, uma vez que não existia uma demanda concreta. Hoje a realidade é outra”, comenta a diretora de segurança alimentar e nutricional do órgão, Joselina Lima da Silva.

Para garantir que os agricultores cadastrados estejam dentro do perfil do Banco, os trabalhos são fiscalizados pelo Sindicato dos Agricultores Rurais, pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) e pelo próprio Banco de Alimentos. Toda essa logística serve para garantir que o alimento que chega no equipamento não é terceirizado – e sim de produção própria.

Uma vez dentro do Banco de Alimentos, a segurança do produto ofertado para a população é assegurada de forma exemplar, com vistorias minuciosas. Para além da qualidade do produto em si, são promovidas ações constantes, como palestras e treinamentos para os agricultores – tudo de forma gratuita.

O Banco de Alimentos é o responsável por suprir a demanda de 73 equipamentos públicos de Caucaia. Espaços como os Centros de Referência da Assistência Social (Cras), os Centros de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), os Núcleos de Educação infantil e Hospital Municipal Abelardo Gadelha da Rocha, por exemplo.

Com informações: Ascom/PMC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here